Ato Penitencial - Ó DEUS BONDADE

1. Ó Deus bondade, Pai e criador, / somos teu povo santo e pecador. /
Nós te pedimos força e proteção, / ó Deus da vida e da libertação.

Ó Deus perdoa o nosso desamor. / Do céu envia o Filho Salvador! (2x)

2. Nosso pecado quer nos condenar, / da vossa face vai nos afastar. /
Porém, tu és o Deus consolação / e nos concedes sempre o teu perdão.
3. Aqui estamos para suplicar / que nossas culpas queiras perdoar. /
Te prometemos nossa conversão / porque tu és o Deus da salvação.

Ato Penitencial - CONFESSO À DEUS

Confesso à Deus Todo Poderoso e a vós irmão e irmãs que pequei
Muitas vezes por pensamentos, palavras, atos e omissões por minha culpa, tão grande culpa.

Piedade, piedade, piedade de nós Senhor. 
Piedade, piedade de nós. 

Piedade, piedade, piedade de nós Senhor. 
Piedade, piedade de nós.

E peço a Virgem Maria, aos Anjos e Santos.
E a vós irmão e irmãs que rogueis por mim a Deus nosso Senhor.


Entrada - O SENHOR RESSURGIU

O Senhor ressurgiu, aleluia, aleluia!
É o Cordeiro Pascal, aleluia, aleluia!
Imolado por nós, aleluia, aleluia!
É o Cristo, o Senhor, ele vive e venceu, aleluia!

1. O Cristo, Senhor ressuscitou
A nossa esperança realizou
Vencida a morte para sempre
Triunfa a vida eternamente!

2. O Cristo remiu a seus irmãos
Ao Pai os conduziu por sua mão
No Espírito Santo unida esteja
A família de Deus, que é a Igreja!

3. O Cristo, nossa Páscoa, se imolou
Seu sangue da morte nos livrou
Incólumes o mar atravessamos
E à Terra prometida caminhamos!


Ato Penitencial - CONVITE GENTIL

Convite gentil não sei desprezar
Que importa o que foi, eu vim pra curar
Quem nega o perdão em nome da Lei
Não quer ver o mundo irmão!

Perdão, ó Senhor, misericórdia 
Perdão, Senhor Deus da vida! 

Não posso aceitar o zelo fatal
Do fogo do céu em troca do mal
Eu vim me propor, não vim pra forjar
Resposta com tal furor!
Tecer elogios por coisa qualquer
Revela, afinal, o quanto se quer
Porém escutai: mais vale cumprir
O quanto ensinei do Pai!


Hino da Campanha da Fraternidade 2015

1. Em meio às angústias, vitórias e lidas, no palco do mundo, onde a história se faz (cf. GS 2),
sonhei uma Igreja a serviço da vida. /:Eu fiz do meu povo os atores da paz!:/

Quero uma Igreja solidária, servidora e missionária,
que anuncia e saiba ouvir. A lutar por dignidade,
por justiça e igualdade, pois "Eu vim para servir" (Mc 10,45).

2. Os grandes oprimem, exploram o povo, mas entre vocês bem diverso há de ser.
Quem quer ser o grande se faça de servo: /:Deus ama o pequeno e despreza o poder:/

3. Preciso de gente que cure feridas, que saiba escutar, acolher, visitar.
Eu quero uma Igreja em constante saída (EG, 20), /:de portas abertas, sem medo de amar!:/

4. O meu mandamento é antigo e tão novo: Amar e servir como faço a vocês.
Sou mestre que escuta e cuida seu povo, /:um Deus que se inclina e que lava seus pés:/

5. As chagas do ódio e da intolerância se curam com o óleo do amor-compaixão (cf. Lc 10,29ss).
Na luz do Evangelho, acende a esperança. /:Vem! Calça as sandálias, assume a missão!:/

CLIQUE NO VÍDEO E OUÇA